Estudo: Creating the Framework Conditions for CSP in Brazil

O projeto Energia Heliotérmica visou a definir o framework para a inserção de tecnologias heliotérmicas na matriz energética Brasileira, como mostra artigo apresentando no SolarPACES 2017.

O Projeto Energia Heliotérmica foi o primeiro deste tipo e iniciou uma nova tendência nas atividades de cooperação internacional no Ministério da Ciência, tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e no Brasil. O projeto integra a Iniciativa Alemã de Tecnologia do Clima (DKTI) para o desenvolvimento do framework para a inserção de tecnologias heliotérmicas na matriz energética.

Os resultados do projeto estão trazendo uma nova perspectiva tanto para o mix de energia brasileira como para sua indústria. O planejamento brasileiro de energia a longo prazo agora está considerando a inserção desta nova fonte de energia, que, se usada na configuração que inclui armazenamento de energia, pode ajudar a estabilizar o sistema à medida em que as participações de fontes de energia intermitentes aumentam.

Para o setor local, o Projeto traz a oportunidade, de um lado, de torná-lo mais eficiente, por meio da utilização de aplicações heliotérmicas não-elétricas e, por outro lado, integrar a indústria brasileira na produção internacional de fornecedores heliotérmicos.

O artigo completo pode ser acessado aqui, na Plataforma Online de Energia Heliotérmica. Para ter acesso ao download, é necessário realizar o cadastro gratuito na Plataforma, no canto superior direito da página, e estar logado.