Polo de Inovação Salvador recebe curso de Energia Heliotérmica

O Polo de Inovação Salvador (PIS), do Instituto Federal da Bahia (IFBA) recebeu nos dias 26 e 27 de janeiro o curso de Energia Heliotérmica em Aplicação Térmica Industrial, ministrado pelos especialistas da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH (Sociedade Alemã para a Cooperação Internacional), Florian Remann e Marcos Oliveira. A GIZ, a partir de cooperação entre os governos brasileiro e alemão, é colaboradora junto com o IFBA no Projeto Energia Heliotérmica, que promove o curso. A parceria entre a GIZ e o IFBA surgiu durante um workshop entre GIZ e o Governo de Bahia no ano passado.
O objetivo do encontro foi capacitar professores como multiplicadores para difusão da temática, a partir de conteúdos como “fundamentos da geração de calor de processo” e “conhecimento básico de energia heliotérmica”.
O Curso era aberto para Instituições de Formação superior do Nordeste e contou com a participação de professores do IFBA, Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF-Sertão PE) e Instituto Federal de Tocantins (IFTO). Parte das regiões Norte e Nordeste apresentam boas perspectivas tanto para a implementação de usinas de grande escala quanto para aplicações térmicas na indústria.
O diretor do Polo de Inovação Salvador, Prof. Handerson Leite, afirma que considera "extremamente importante a capacitação, pois amplia a qualificação da IFBA para atuação em energias renováveis e, no âmbito do Polo de inovação, possui relevância por estarmos inseridos no Parque Tecnológico da Bahia. Pensando nas futuras instalações do IFBA no Parque, essa qualificação permitirá a utilização desses conhecimentos no prédio a ser construído utilizando recursos sustentáveis como suprimento energético”.
Segundo o especialista em heliotermia, Florian Remann, "o Projeto Energia heliotérmica tem por objetivo estabelecer as bases para o desenvolvimento das tecnologias heliotérmicas no Brasil". O grande destaque da tecnologia heliotermica é a possibilidade de armazenar energia, fornecendo energia renovável de forma continuada. Dentro desse projeto uma área importante é a pesquisa e formação, que tem por objetivo a disseminação de conhecimentos da tecnologia heliotérmica em pontos estratégicos do Brasil, e um desses é aqui na Bahia."