Israel constrói maior torre heliotérmica do mundo

A torre heliotérmica mais alta do mundo está em construção no deserto do Negev, em Israel. Junto a outros três projetos solares, a torre de 250 metros de altura faz parte dos planos do país para desenvolver seu setor de energia renovável. A previsão para início da operação da planta é 2018.

O governo israelense estabeleceu uma meta de energia renovável de 10% até 2020. Juntos, os novos projetos de energia solar gerarão cerca de 310 gigawatts de energia, ou cerca de 1,6% das necessidades energéticas do país. Quando concluída, a Autoridade de Energia Elétrica de Israel diz que a central térmica solar deve ser capaz de fornecer energia suficiente para cerca de cinco por cento da população do estado.

A altura da torre está em proporção direta à quantidade de terra que o estado de Israel atribuiu ao projeto. "A razão pela qual nossa torre é tão alta não é que estivéssemos procurando quebrar qualquer recorde mundial, mas por causa da densidade do campo solar. Quanto mais perto estivermos todos os helióstatos, mais alto será a torre. O Estado de Israel queria que tivéssemos um uso máximo da terra em termos de eletricidade por unidade de terra e essa é a razão pela qual a torre foi projetada dessa altura ", explicou Eran Gartner CEO, Megalim Power Ltd.

Países com climas mais frios e menor potencial heliotérmico já ultrapassaram Israel no desenvolvimento de energia renovável. "Comparado com países como a Alemanha, cujos recursos renováveis, energias renováveis, 35% de todo o seu mix de energia, aqui em Israel ainda estamos em 2,5% das energias renováveis.