China estabelece meta para Energia HLT de 5GW até 2020

A Administração Nacional de Energia (NEA) da China emitiu formalmente "o décimo terceiro Plano de quinquenal (2016-2020) para o desenvolvimento de energia solar" no dia 16 de dezembro de 2016, alocando 110GW capacidade de energia solar, dos quais 5GW são direcionados exclusivamente à energia heliotérmica (CSP).

O plano indica grande importância no desenvolvimento de heliotermia, apesar da cota relativamente menor em relação aos outros tipos de energia. Como uma tecnologia solar emergente, a energia heliotérmica está desempenhando um papel maior na configuração de energia da China.

Os vinte projetos-piloto da primeira fase do plano somam aproximadamente 1.35 GW de energia heliotérmica. Todos os atores da indústria participante estão tentando fazer os projetos terminarem até o final de 2018 para desfrutar das tarifas subsidiadas (Feed In Tarif – FiT), estabelecida em cerca de 16,55 centavos de dólar americano. O Plano visa a chegar em 11,51 centavos até 2020.

O plano cita as principais atividade em heliotermia entre os anos de 2016-2020. "O governo deve promover ativamente a construção da 1ª fase dos projetos-piloto, a partir da qual a indústria poderá ter experiência em construção e operação, testar a confiabilidade dos componentes e ajudar a aperfeiçoar o ambiente político e regulamentos."

Para obter mais notícias sobre a heliotermia na China, atualizações do projeto e se comunicar com especialistas, acontece, em 23 e 24 de março de 2017, em Pequim, o evento CSP Focus China 2017. Mais informações em: http://china.cspfocus.cn/en/