Usina híbrida nos EUA combina três tipos de energia limpa

Nos Estados Unidos, nos arredores da cidade do deserto de Fallon, Nevada, a usina Stillwater, da Enel Green Power North America, entrou em operação em 2009, como uma usina geotérmica convencional. Mais tarde, recebeu painéis solares e, em 2015, com a adição de concentradores solares heliotérmicos, tornou-se a primeira usina do mundo a funcionar com um triplo híbrido renovável. Engenheiros do Laboratório Nacional de Idaho e do Laboratório Nacional de Energia Renovável estão ajudando a analisar a integração da usina geotérmica com as mais recentes adições.

A parte geotérmica da planta Stillwater, com capacidade de 33MW, bombeia água escaldante encontrada no subsolo. O calor dessa água é transferido para um segundo fluido, isobutano, que ferve e gira turbinas à medida que expande. Após transmitir sua energia calorífica, a água é reenviada para a terra, enquanto o isobutano é esfriado e volta ao estado líquido para começar um novo ciclo. Em dias quentes, no entanto, a planta tem seu desempenho comprometido, uma vez que o ar ambiente é usado para esfriar o isobutano. Como não é possível controlar a temperatura do ar ambiente, os engenheiros contornaram esse problema de outra forma.

Com a adição de uma pequena planta heliotérmica de 2MW, foi possível aumentar a temperatura da água geotérmica que entra na instalação, aumentando a produção global. O conceito por trás desta solução é simples: fileiras de espelhos parabólicos concentram os raios do sol em tubos de água desmineralizada. O calor desta água é transferido para a água geotérmica, aumentando a quantidade de energia disponível para ferver o isobutano, resultando em mais de energia para girar as turbinas produtoras de energia eléctrica. Entre os meses de março e dezembro de 2015, o componente heliotérmico aumentou a quantidade de produção da usina em 3,6%.

Além da combinação geo-heliotérmica, a Stillwater aproveita também a luz do sol para gerar diretamente 26MW eletricidade, por meio de 240 acres de painéis solares fotovoltaicos que trabalham em conjunto com o sistema geotérmico. O período mais ensolarado do dia,  em que as saídas do sistema geotérmico fraquejam, é quando as células solares trabalham em seu ápice. Da mesma forma, a produção de energia geotérmica intensifica durante a noite fria do deserto, quando as células solares não estão produzindo energia

Assista a um vídeo sobre a planta Stillwater para saber mais: