Manual para Tratamento de dados solarimétricos (parte II): Controle de qualidade e preenchimento de lacunas

HLT
Pesquisa

Manual para Tratamento de dados solarimétricos (parte II): Controle de qualidade e preenchimento de lacunas

Para todas tecnologias de geração de energia solar, a radiação solar é o “combustível” e assim, como para outros tipos de combustíveis, o conhecimento da qualidade e da confiabilidade no futuro é crucial para analisar a performance do sistema e a viabilidade financeira do projeto. Nesse contexto, a variabilidade do recurso solar é uma grande incerteza no processo de predizer a produção de energia de uma planta heliotérmica.

O conhecimento do recurso solar influencia três etapas de um projeto solar: a determinação da melhor localização, a previsão de energia produzida anual e a estratégia de operação. Na primeira parte do Manual foi descrito uma metodologia para controlar a qualidade de dados medidos e preencher lacunas com o objetivo de obter um conjunto de dados continuo. No Manual II é descrito a correlação desses dados medidos com dados satélites de longo prazo para incluir a variabilidade interanual do recurso solar.

Nesse Manual será explicado brevemente como dados meteorológicos são derivados de modelos satélites para um melhor entendimento das caraterísticas desses dados. Depois, os algoritmos desenvolvidos serão explicados, começando com a conversão dos dados medidos de resolução de 1min para dados horários. Além disso, o manual contém uma visão geral de métodos para correlação de dados medidos e dados derivado de imagens satélites.

Manual para Tratamento de dados solarimétricos (parte II): Controle de qualidade e preenchimento de lacunas
Nicolaj Röttinger
2016
Português
Estudos